domingo, 6 de julho de 2014

Sobre politica

  1. A política é necessária numa sociedade complexa para direcionar e apaziguar as razões conflitantes.
  2. Existem incontáveis ideais políticos verdadeiros fora da política.
  3. A política seria muito boa sem os políticos partidários.
  4. Quem estraga os políticos é a ganância, o despreparo, o egoísmo, e a esquizofrenia.
  5. Nenhum candidato é absolutamente ruim ou desonesto.
  6. Todos os que se elegem estão comprometidos financeiramente com alguém.
  7. Os políticos inicialmente honestos, que se mantiveram na política, fizeram concessões à Corporação.
  8. A Corporação é a entidade suprapartidária que mantêm como reféns os verdadeiros ideais políticos.
  9. A Corporação parece uma entidade acéfala, mas não é.
  10. O político que se mantiver fiel aos seus ideais vai naufragar isolado pela Corporação.
  11. A Corporação é corrupta.
  12. O político que ganhar seu lugar dentro da Corporação foi corrompido.
  13. A Corporação tem o aval da Justiça. Apenas sai mais caro.
  14. O custo da “lubrificação” da máquina corporativista é pago por nós.
  15. O poder executivo só funciona quando tem um bom staff técnico.
  16. O poder judiciário só funciona quando não está comprometido.
  17. O poder legislativo não funciona.
  18. O senado, especificamente, é algo que não existe, mas sai muito caro.
  19. O voto obrigatório é uma forma de nos tornar cúmplices da Corporação.
  20. Eleitor é o indivíduo que acredita que vive numa democracia, vota na Corporação, e ainda torce…

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Livro O Nobre Deputado



No livro, lançado recentemente pela editora Leya, o magistrado – idealizador do projeto da Lei da Ficha Limpa – descreve as práticas de um personagem fictício chamado Cândido Peçanha, um deputado que faz tudo pelo poder. “É a representação de parlamentares que existem, que ocupam grande parte das cadeiras parlamentares do Brasil e que precisam deixar de existir”, disse Márlon Reis ao Fantástico.
Para criar o personagem, Márlon Reis ouviu histórias reais de mais de cem pessoas que transitam no mundo político.
Você conhecerá de forma viva, curiosa e, por vezes, engraçada, a rotina de alguém disposto a fazer tudo para alcançar e permanecer no poder.

MUJICA

Uma era de liberdade

Mujica ex guerrilheiro agora com 79 anos é presidente do Uruguai, considerado o presidente mais pobre do mundo doa 90% do seu salário para instituições, vive em uma pequena casa rural sem empregados e quando questionado sobre isso ele simplesmente diz que não precisa de muito para viver.
  Desde o inicio de seu mandato vem surpreendendo o mundo, destruindo tabus como o aborto, a maconha e o casamento gay, muitos destes ja haviam deixado de ser tabus para a sociedade e Mujica tendo em vista essas mudanças socioculturais decide dar um fim nestes ''TABUS''.




terça-feira, 3 de junho de 2014

Joaquim Barbosa vai se aposentar




 O presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, está prestes a anunciar a aposentadoria. Joaquim Barbosa tem 59 anos e só precisaria deixar o cargo de ministro em 2024.Mas ele já comunicou a decisão ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), e à presidente Dilma Roussef (PT), em encontros reservados com ambos.
Em seus quase 12 anos como ministro do Supremo Tribunal, Joaquim Barbosa colecionou bate-bocas, discussões ríspidas, trocas de ameaças, ofensas e algumas confusões.
            Marco Aurélio Mello foi um dos ministros que tiveram acaloradas discussões com Barbosa no Supremo. Em 2004, Barbosa chegou a chamar o colega para “resolver a questão fora do tribunal”. Já em 2008, após declarar não ser um “negro submisso”, Marco Aurélio disse que o colega era complexado.
O recesso do Supremo começa no próximo dia 1º de julho. Na despedida em plenário, Barbosa, após comunicação formal da decisão aos colegas, apresentou um discurso rápido e objetivo, anunciando que já alcançara 41 anos de serviço público. O ministro não disse o motivo pelo qual antecipara a aposentadoria, já que tinha mais 11 anos até alcançar a compulsória. A dúvida, agora, é quanto ao futuro do ministro do STF, após a aposentadoria. Durante o encontro com a presidente Dilma Rouseff, no qual comunicou sua decisão, ele teria informado que pretende passar o período da Copa e do processo eleitoral nos Estados Unidos, em seu apartamento de Miami. Seu apoio estaria sendo disputado entre os oposicionistas Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB). A algumas especulações para sua aposentadoria precoce, é claro sempre vai ter, mas por enquanto permanece um mistério. Em entrevista ao G1, em 27 de março de 2014, quando questionado sobre sua aposentadoria, diz que ainda ficaria por algum tempo no STF(Supremo Tribunal Federal), deixando bem claro que não tinha menor pretensão de abandonar o cargo tão cedo. E 3 meses depois simplesmente anuncia sua aposentadoria sem mais nem menos. E agora quem irá nos defender.
Aqui está a entrevista com Joaquim Barbosa mencionada no texto:

http://g1.globo.com/globo-news/noticia/2014/03/joaquim-barbosa-e-o-entrevistado-da-estreia-de-roberto-davila-na-globonews.html

segunda-feira, 12 de maio de 2014

A massa pseudo revolucionaria 



Direita ou Esquerda? Afinal, o que é isso?



O aspecto esquerda-direita é um sistema de classificação política, de ideologias e partidos (esquerda e direita NÃO são partidos políticos, apenas representam ideologias partidárias).

Os termos se originaram na França durante a revolução sendo os da direita (por ficarem sentados a direita do rei) o "Partido da ordem" -conservadores- e os da esquerda o "Partido do movimento" -revolucionários.

Eu sou a favor da distribuição de renda. Eu sou a favor da inclusão social. Eu sou a favor de que todas as pessoas, não importando a classe social tenham os mesmos direitos. Eu sou a favor que todas as pessoas tenham acesso a serviços públicos de qualidade, tais como escolas, hospitais e transporte público gratuito ou baratos. Eu normalmente estou envolvida com os cidadãos que são considerados em desvantagem em relação aos outros. Eu sou confundida como sinônimo do comunismo, o que não é verdade. “Todo comunista é de esquerda, mas nem todo esquerdista é comunista.” Eu sou a ESQUERDA.

Eu sou a favor do acumulo de capital, eu sou a favor de que as pessoas possam ficar ricas. Eu sou a favor do livre comércio. Eu sou a favor de que as pessoas tenham acesso a serviços dependendo do sucesso que elas tenham financeiramente, sem a intervenção do Estado. Eu sou a favor de serviços privados. Eu sou a favor pela da luta pela igualdade, sou a favor da ascensão social e pela intervenção estatal. Eu sou a DIREITA.

Isto seria basicamente as suas ideologias, mas temos que lembrar que mesmo parecendo muito boas ate hoje nenhum governo conseguiu implantar-las com sucesso, afinal a direita precisa da esquerda para funcionar e vice-versa.